Castanha do Pará

Castanha do Pará

A castanha do Pará é um fruto da família das oleaginosas, assim como as amêndoas e as nozes, que possuem diversos benefícios para a saúde, já que são ricas em proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do complexo B e E. Por ser bastante nutritivo, esse fruto seco poderia favorecer a diminuição do colesterol, melhorar o sistema imune e prevenir alguns tipos de câncer. A castanha do Pará é um fruto de uma árvore chamada Bertholletia excelsa que cresce principalmente na América do Sul, podendo ser comprada em supermercados e lojas de produtos naturais.

1. Promove a saúde do coração

A castanha do Pará é rica em antioxidantes e outros compostos como o selênio e a vitamina E, os quais ajudam a diminuir o colesterol LDL, também conhecido como mau colesterol, e, consequentemente, a diminuir o risco de doenças como aterosclerose e infarto. Além disso, contém magnésio, fibras e gorduras boas, como o ômega-3, que também favorece a diminuição do colesterol LDL e o aumento do colesterol bom, o HDL, assim como arginina e resveratrol, que são substâncias que facilitam a circulação sanguínea, prevenindo a trombose.

2. Poderia prevenir o câncer

Devido ao seu alto teor de selênio, vitamina E e flavonoides, a castanha do Pará poderia ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, principalmente o de pulmão, mama, próstata e colon. Esses compostos possuem um elevado poder antioxidante que não só evitam o dano causado pelos radicais livres nas células, mas também aumentam as defesas do organismo, melhorando o sistema imune.

3. Ajuda a manter a saúde do cérebro

A castanha do Pará, por ser rica em selênio e vitamina E, componentes que proporcionam propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, poderia ajudar a melhorar a função cognitiva e prevenir doenças como o Alzheimer, Parkinson e a demência senil, por exemplo. Além disso, o consumo desse fruto seco poderia ajudar a melhorar o humor, uma vez que a depressão pode estar associada a baixos níveis de zinco e selênio.

4. Mantém o cabelo e as unhas saudáveis

Por ser rico em selênio, zinco, vitamina B, ômega-3 e vitamina E, o consumo regular desse fruto favorece a saúde dos cabelos, da pele e das unhas. Esses nutrientes são essenciais para o fortalecimento do cabelo e evitar a sua queda, favorecer a cicatrização da pele, prevenir o envelhecimento precoce e a formação de rugas, além de fortalecer as unhas

5. Reduz a pressão alta

Por ser rica em arginina, magnésio, potássio e antioxidantes, o consumo da castanha do Pará poderia favorecer o relaxamento dos vasos sanguíneos, favorecendo a circulação do sangue e diminuindo, assim, a pressão arterial.

6. Fortalece o sistema imune

A castanha do Pará também fortalece o sistema imune, já que contém diversos componentes, como o selênio, que ajuda a diminuir a inflamação e possui propriedades antioxidantes, além de ser rico em zinco e em vitamina E, que protegem contra infecções, prevenindo, dessa forma, doenças como a gripe e o resfriado comum.

7. Pode ajuda a regular a tireoide

O selênio e o zinco são componentes necessários para a síntese de hormônios tireoidianos. A deficiência desses minerais poderia causar hipotireoidismo e outras doenças relacionadas com a tireoide. Apesar de não estar totalmente comprovado, o consumo da noz do Brasil poderia ajudar a regular a tireoide e beneficiar as pessoas que sofrem de problemas relacionados com essa glândula.

8. Excelente fonte de energia

A castanha do Pará é rica em gorduras, principalmente poliinsaturadas e monoinsaturadas, as quais fornecem calorias para o organismo. Além disso, é rica em proteínas e potássio e, por isso, é possível incluir esse fruto nos lanches entes ou depois da atividade física, favorecendo também o crescimento e a recuperação do músculo.

Como consumir

Para obter os seus benefícios, é recomendado consumir 1 castanha do Pará por dia por cerca de 5 dias por semanas. No entanto, é importante não consumir mais de 10 g por dia, pois grandes quantidades desse alimento poderiam causar problemas como dor, fraqueza muscular e manchas nas unhas. A castanha do Pará pode ser armazenada em um local fresco e protegido da luz solar para não perder as suas propriedades e pode ser consumida crua ou juntamente com frutas, vitaminas, saladas, cereais e sobremesas.

Possíveis efeitos secundários

Devido ao seu alto teor de selênio, o consumo da castanha de Pará em excesso poderia causar uma intoxicação, podendo causar problemas graves como falta de ar, febre, náuseas e mal funcionamento de alguns órgãos, como o fígado, rins e coração.

Texto original tirado de https://www.tuasaude.com/castanha-do-para/

Caffino
Logo
Abra o chat
Precisa de ajuda ?
Olá
Em que podemos lhe ajudar ?
Shopping cart